Cartaxo diz que governo estadual não vai pautar os seus rumos

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, pré-candidato a governador pelo PSD, rebateu, ontem, ironias e insinuações feitas pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) que desdenhou da unidade das oposições, aglutinando ainda nomes como o senador peemedebista José Maranhão e o senador Cássio Cunha Lima, do PSDB. Cartaxo disse que a oposição fez um encontro muito importante na convenção do PSDB no fim de semana que reconduziu Ruy Carneiro ao comando no Estado. Frisou que o evento suprapartidário repercutiu em toda a Paraíba e sugeriu que essa repercussão talvez tenha incomodado o governador. “Mas cabe a ele (Ricardo) fazer evento semelhante e não ficar especulando sobre questões de outros partidos”, admoestou.

Luciano Cartaxo asseverou que não se deixará pautar pelo que o governador Ricardo Coutinho deseja. “O que vai pautar o comportamento das oposições é o que a população paraibana decidir”. O prefeito da Capital foi recebido na convenção, na Asplan, aos gritos de “governador”. Cartaxo ressaltou que o PSDB deu uma demonstração de maturidade quando colocou apenas uma chapa que reconduziu o ex-deputado Ruy Carneiro à presidência. “Foi um passo importante, que está na lógica da unidade das oposições”, acentuou o alcaide. Ele fez duras críticas ao governo do Estado, sobretudo enfocando áreas como educação e segurança pública.

Indagou: “Depois de sete anos de domínio do governo do PSB o paraibano tem confiança para sair de casa e passear nas ruas? Ele tem condição de deixar seu filho ir sozinho para uma escola? De sacar dinheiro no banco? Sinceramente, eu acho que não”. Luciano Cartaxo lembrou que foi o governador Ricardo Coutinho que disse que iria resolver o problema da segurança em seis meses, o que, na sua opinião, não aconteceu, da mesma forma como não houve evolução de indicadores na saúde. Cobrou da parte do chefe do Executivo paraibano mais “espírito público” nas decisões envolvendo os interesses da população.

Nonato Guedes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *