Escola de samba paulista exalta São João de Campina Grande no Carnaval

Oito escolas de samba desfilaram, ontem, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, pelo Grupo de Acesso na disputa por duas vagas na elite da folia de 2019. A Barroca Zona Sul abriu a competição ainda no domingo e a Imperador do Ipiranga fechou o desfile. Este ano, duas das grandes campeãs de São Paulo estão na disputa, a Nenê de Vila Matilde, segunda maior vencedora da cidade com 11 títulos e a Camisa Verde e Branco, que tem nove campeonatos. Elas são apontadas como favoritas ao lado de Águia de Ouro e Pérola Negra, mas o histórico mostra que as surpresas são comuns no Grupo de Acesso.

A Pérola Negra entrou no Sambódromo mostrando a força do Maior São João do Mundo, realizado tradicionalmente em Campina Grande, segunda cidade da Paraíba. Para homenagear Campina Grande, conhecida por realizar a maior festa junina brasileira, a escola fez uma viagem da sua casa, no bairro da Vila Madalena, ao Nordeste. No trajeto, revelou as riquezas do litoral ao sertão da Paraíba, paisagens, comidas, manifestações culturais, música e dança. Tudo cabe no enredo Numa Viagem Arretada por Terras Nordestinas, a Joia Rara do Samba Embarca no Trem do Forró Rumo ao Maior São João do Mundo: Campina Grande. O povo nordestino esteve no centro dessa história, com sua fé, força para vencer as adversidades e dignidade para não desistir. As festas populares como Bumba Meu Boi, Maracatu, Reisado, bem como a literatura de cordel, estarão presentes na viagem da Pérola. Para tudo terminar no forró gigante de Campina Grande.

A Pérola Negra enfrentou dificuldades no último ano. Em maio de 2017, um incêndio atingiu seu barracão na zona norte da cidade. O trabalho de confecção das alegorias ainda não havia sido iniciado mas as estruturas dos carros foram destruídas. São Paulo, a Capital, foi governada por uma mulher nordestina: no início da década de 90, a Assistente Social Luiza Erundina, natural da cidade de Uiraúna, no Sertão da Paraíba, foi eleita prefeita de São Paulo, pelo Partido dos Trabalhadores, destronando expoentes de projeção no cenário local. Erundina enfrentou dificuldades de convivência no PT e, posteriormente, desfiliou-se da agremiação. Atualmente é deputada federal e mantém estreito relacionamento político com o governador Ricardo Coutinho, do PSB. São Paulo tem um dos maiores contingentes de habitantes oriundos do Nordeste entre as Capitais importantes do país.

Redação, com agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *