Governador terceiriza gestão do hospital metropolitano de Santa Rita

O hospital metropolitano de Santa Rita será gerenciado por uma Organização Social, tal como acontece como o hospital de Trauma, em João Pessoa. No próximo dia 19, o governo do estado, através da secretaria de Saúde, definirá o nome da OS.

A escolha será por meio de processo seletivo. De acordo com o edital, só poderão concorrer as Organizações Sociais, cujas atividades sejam dirigidas à saúde, e que já estejam qualificadas no âmbito do Estado da Paraíba, nos termos da Lei Estadual nº 9.454.

A Sessão Pública para recebimento e abertura dos envelopes contendo a Proposta Técnica e Econômica e a Habilitação dos interessados ocorrerá no dia 19 de setembro, às 09 horas, na Sala da CPL na Sede da Secretaria de Estado da Saúde, localizada na Av. Dom Pedro II, nº 1826, Torre.

O hospital Metropolitano de Santa Rita foi erguido às margens da BR-230, no entroncamento com a BR-101, entre os municípios de Santa Rita e Bayeux, região da Grande João Pessoa, e principal via de ligação rodoviária e área de elevada incidência de atropelamentos e acidentes automobilísticos.

A localização permitirá o atendimento de diversos municípios ao redor, principalmente Santa Rita, João Pessoa, Cacimba de Dentro, Araruna, Tacima, Solânea, Mamanguape, Pirpirituba, Bayeux, Itabaiana, Mogeiro e Cruz do Espírito Santo, com estimativa de atendimento a 2 milhões de habitantes.

Descrição do hospital

O hospital metropolitano de Santa Rita é um hospital geral, estratégico para a Rede de Atenção às Urgências e será referência para as demandas referenciadas; ofertará retaguarda de atendimentos de média complexidade e alta complexidade em Neurologia e Cardiologia com cirurgias de urgência e eletivas nas respectivas especialidades e subespecialidades, Terapia Intensiva Adulta e Terapia Intensiva Pediátrica, que terão atendimento em regime de internação de forma regular e horizontalizada, contando com plantão físico 24 horas, sete dias por semana, sendo de sua responsabilidade manter os atendimentos de forma ágil durante as 24 horas ainda que em regime de plantão e/ou de sobreaviso nas especialidades e suporte técnico.

O HMSR será um Centro de referência em alta complexidade para Cardiologia e Neurologia o qual atenderá Urgência e Emergência referida 24h, dentro do aspecto de ações diagnósticas e terapêuticas para fins de credenciamento nos serviços que venha a executar se incorporando como retaguarda clínica e cirúrgica no Plano da Rede de Urgência e Emergência estadual na linha de cuidado do miocárdio e os protocolos da síndrome coronariana aguda. O Hospital em sua capacidade plena possuirá 226 leitos.

Para atender a demanda da Urgência e Emergência referida, do ambulatório, das clínicas e do bloco cirúrgico, o Centro de Imagem deverá funcionar 24h contando com recursos diagnósticos e terapêuticos dentro da estrutura hospitalar: laboratório de eletrofisiologia, cirurgia cardiovascular e procedimentos de cardiologia intervencionista, serviço de imagenologia com radiologia, ultrassonografia, tomografia computadorizada, angiografia digital e ressonância magnética.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *