Novo governador é pessoense e identificado com desafios da Capital

Novo governador é pessoense e identificado com desafios da Capital

O governador eleito das Paraíba, João Azevêdo Lins Filho (PSB), que tomará posse no dia primeiro de janeiro, é natural de João Pessoa, mesma naturalidade de Ricardo Coutinho, que está concluindo oito anos de mandato e que escolheu seu ex-secretário de Infraestrutura para sucedê-lo no posto, permanecendo no Palácio da Redenção. O empenho de Ricardo foi compensado com a vitória de Azevêdo em primeiro turno, com 1.19.758, derrotando cabeças coroadas da oposição que se uniram para desestabilizar o “ricardismo”.

“João Azevêdo é profundamente identificado com os problemas de João Pessoa e tem propostas para equacionar os desafios a par desse domínio da realidade”, enfatiza o governador Ricardo Coutinho, lembrando que o sucessor não vai se descurar da prioridade a municípios e localidades do interior que ainda são carentes de apoio do poder público, não obstante avanços introduzidos nas duas gestões de Coutinho. Engenheiro civil, com passagem pela Universidade Federal da Paraíba, João Azevêdo tem 65 anos de idade e é casado com Ana Maria Salles Lins. Pessoas próximas relatam que Azevêdo é muito dedicado à família e extremamente amoroso com a esposa, a ponto de fazer-lhe declarações românticas em eventos de aniversário, até nas redes sociais.

Eleito com 1.19.758 votos, derrotando candidatos como Lucélio Cartaxo, irmão gêmeo do prefeito de João Pessoa, Luciano, e o senador José Maranhão, do MDB, João Azevêdo tem pós-graduação e atuação como docente no Instituto Federal de Educação da Paraíba. Ocupou cargos técnicos qualificados em diferentes gestões na Capital paraibana, tendo se identificado mais de perto com Ricardo Coutinho desde que este foi prefeito. À frente do governo do Estado, Coutinho fez questão de contar com a colaboração valiosa e qualificada de João Azevêdo, nomeando-o para uma secretaria que abarcou vários setores, resumidos na denominação de Infraestrutura.

Neste segundo governo que Ricardo está concluindo, Azevêdo ganhou desenvoltura graças à liberdade concedida por Coutinho para fazer intervenções técnicas em áreas estratégicas de João Pessoa e em regiões carentes do Estado. O governador eleito já tem nomes definidos para ocupar pastas importantes na sua administração, mas evita vazar informações para não prejudicar a composição da equipe. Seus amigos e interlocutores são unânimes em apontá-lo como uma pessoa simples, despojada e com profunda sensibilidade para o diálogo e a solução de problemas.

Nonato Guedes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *