Pedro cobra da Câmara votação da PEC que extingue foro privilegiado

Pedro cobra da Câmara votação da PEC que extingue foro privilegiado

O deputado federal Pedro Cunha Lima, do PSDB da Paraíba, está cobrando da Câmara dos Deputados a votação da Proposta de Emenda Constitucional 333/17, que versa sobre o fim do foro privilegiado, instituto que atualmente beneficia mais de cinquenta e cinco mil autoridades no país. De acordo com o parlamentar tucano, o Brasil é o País que tem esse instituto de forma mais abrangente. “O foro privilegiado – é preciso deixar claro de uma vez por todas – constitui-se num símbolo da nossa impunidade e, como tal, deve ser extirpado. Nós temos que dar um novo contorno a isso”, expressou Cunha Lima.

O filho do ex-senador Cássio Cunha Lima declarou ter consciência de que há uma pauta de assuntos urgentes reclamando atenção e votação por parte dos parlamentares na atual conjuntura, mas disse entender que a votação da PEC dispondo sobre o foro privilegiado pode, perfeitamente, entrar no pacote das votações prioritárias por parte da Câmara Federal. Ele lembrou que o Senado já votou a Proposta de Emenda Constitucional e a enviou à Câmara. “Nós não podemos ter essa mania de deixar as coisas andarem, andarem, e de repente, quando chega a hora de um desfecho, elas ficam esquecidas”, protestou o deputado tucano.

Em discurso feito da tribuna da Câmara, Pedro Cunha Lima foi enfático: “As pessoas cansaram. Não suportam mais tanto desgaste. Elas não querem deixar para depois temas como a diminuição do gasto público, o fim do foro privilegiado e outras matérias controversas. Querem respostas e o que nos cabe não é outra coisa senão obedecer a essa expectativa e a essa cobrança”. Depois de protocolar o requerimento na última quarta-feira à Mesa da Câmara para agilizar a análise e votação dos temas na Casa, o deputado Pedro Cunha Lima frisou que o Senado já fez a sua parte na questão atinente ao fim do foro privilegiado. “Cabe, agora, a nós, que fazemos a Câmara dos Deputados, continuar a tramitação e oferecer uma resposta urgente ao país”, arrematou o deputado do PSDB.

Nonato Guedes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *