Pedro Cunha Lima pede sensibilidade de Bolsonaro quanto a empregos

Pedro Cunha Lima pede sensibilidade de Bolsonaro quanto a empregos

O deputado federal paraibano reeleito Pedro Cunha Lima (PSDB) chegou a participar de contatos mantidos pelo presidente eleito Jair Bolsonaro com representantes de partidos em Brasília para a discussão de pautas a serem encaminhadas ao Congresso Nacional. Pedro reclamou sensibilidade do próximo presidente, especialmente, na questão da oferta de empregos, dizendo-se alarmado com a grave conjuntura reinante no país e derivada do expressivo contingente de desempregados. Para o deputado paraibano, o novo governo deve compartilhar efetivamente com a Câmara e o Senado a definição das prioridades que precisarão ser levadas em conta.

Pedro não fez qualquer menção a cargos, inclusive porque o PSDB está dividido na questão do apoio ao governo Bolsonaro. A “Folhapress”, porém, colheu relatos de parlamentares de que Bolsonaro acenou com a negociação da oferta de cargos no segundo escalão. A promessa teria sido feita em encontro com deputados do PR, comandado pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto, um dos condenados no escândalo do mensalão. O presidente eleito deu seguimento a reuniões que já havia deflagrado com representantes do MDB e PRB.

Participantes das conversas deixaram vazar a versão de que o presidente enfatizou no discurso que a política não será feita como nos mandatos anteriores, com a troca de favores. Apesar disso, sinalizou que pretende ouvir os partidos para formar seu segundo escalão, que engloba cargos federais nos ministérios e nos Estados. Bolsonaro tem sido criticado por partidos por ignorar líderes e integrantes das cúpulas das legendas na escolha de seus ministros. Ontem, o PR anunciou oficialmente que passou a fazer parte da base situacionista, mas frisou que a fidelidade será discutida projeto a projeto. José Rocha, líder do PRB, foi enfático: “Não vamos atuar de maneira coercitiva ou de qualquer outra maneira forçar o parlamentar ou colega a se submeter a certas diretrizes. Vamos envidar todos os esforços no sentido do convencimento”, finalizou.

Nonato Guedes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *