Prefeito de Cabedelo libera construção de shopping alvo da Xeque-Mate

Prefeito de Cabedelo libera construção de shopping alvo da Xeque-Mate

O prefeito de Cabedelo, Vítor Hugo Castelliano, entregou hoje a representantes do Grupo Marquise, na Paraíba, o alvará de construção do Shopping Pátio Intermares, naquele município, empreendimento que esteve no centro de uma crise cujo desdobramento foi a ação da Polícia Federal e do Gaeco que levou para a cadeia toda a cúpula do poder na cidade portuária, além do empresário Roberto Santiago e do radialista Fabiano Gomes, ambos já soltos, o primeiro com medidas cautelares, incluindo o uso de tornozeleira eletrônica. Denominada de Xeque-Mate, a operação teve repercussão nacional e como pano de fundo uma alegada compra do mandato do ex-prefeito José de Lucena Filho (Luceninha) como parte de manobra para obstacular a construção do Shopping Parque Intermares.

O caso veio à tona com a ascensão de Wellington Viana (Leto) à prefeitura de Cabedelo, diante do afastamento de “Luceninha”, que teria recebido R$ 5 milhões na venda do mandato. Então vice-prefeito de Cabedelo, “Leto”, que continua preso, ao assumir o cargo cuidou de inviabilizar o empreendimento enquanto, em paralelo, teria agido para montar um esquema de corrupção sem precedentes em Cabedelo, envolvendo agentes públicos da prefeitura, vereadores e funcionários dos dois poderes. Cópia do alvará de construção do Shopping Intermares, entregue à Marquise por Vítor Hugo, foi publicada pelo colunista Suetoni Souto Maior em seu blog no “Jornal da Paraíba” on line, sinalizando o fim da contenda deflagrada em 2013.

O Grupo Marquise já pagou as taxas de expedição de licença junto à secretaria da Receita de Cabedelo, estando habilitado a dar início ao empreendimento que deve gerar cerca de quatro mil empregos diretos e indiretos. A estimativa é de que o shopping deve contar com mais de 200 lojas e 1.400 vagas de estacionamento. Vítor Hugo, em declarações à imprensa, disse ter cumprido a sua parte, bem como a promessa feita na campanha que o elegeu titular em eleição suplementar monitorada pelo Tribunal Regional Eleitoral, diante da prisão e renúncia de “Leto” Viana e da morte do vice-prefeito. “Ficaremos na torcida pela chegada do desenvolvimento, de coisas boas que Cabedelo merece”, enfatizou Vítor Hugo. Junto à população, é grande a expectativa para o funcionamento do Shopping, pela possibilidade de geração de empregos e renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *