Ricardo ironiza Maranhão e garante que Azevedo “já decolou”

Durante cerimônia, ontem, no bairro do Cristo, em João Pessoa, o governador Ricardo Coutinho (PSB) teorizou que o projeto administrativo atualmente executado na Paraíba precisa ser consolidado por pessoas que têm afinidade e envolvimento com o sentimento de mudança e combatem o retrocesso e a ineficiência. A observação foi um pretexto para o gestor reafirmar o compromisso de apoio à candidatura do secretário João Azevedo ao governo do Estado em 2018. Conforme ele repetiu, Azevedo é o candidato mais preparado e tem tudo para ser escolhido pela população.

Ricardo ironizou afirmação do senador José Maranhão (PMDB) sobre a dificuldade de a candidatura de João Azevedo decolar. “Ela já decolou e nós vamos vencer as eleições”, externou Ricardo, em tom triunfalista, adiantando que na Paraíba o eleitor está cada vez mais conscientizado e não se preocupa com disputa de fulano contra cicrano. “A população, na verdade, passou a avaliar entre os postulantes quem tem condições de fazer mais pela Paraíba e de não obstaculizar o processo de avanços até aqui alcançados”, frisou. Em tom irônico, Ricardo acentuou que o senador Maranhão, que é piloto, deve entender muito de decolagem. “Ele sempre dizia que eu não decolaria, e eu estou aqui, reeleito”, emendou o chefe do Executivo.

O governador confessou que gosta do estilo de adversários qu menosprezam a capacidade do seu esquema. “Comigo sempre foi assim e (eles) se deram mal. Eu fiz, vou fazer muito, mas João Azevedo fará muito mais”, expressou. E enfatizou: “Eu sei como gira o sentimento dentro do Estado. Talvez alguns não tenham percebido as mudanças na consciência crítica da Paraíba. João Azevedo é,indiscutivelmente, a pessoa mais preparada para governar esse Estado”. Por sua vez, o senador José Maranhão pregou que a Paraíba necessita de mudanças nas prioridades governamentais. “É preciso investir em desenvolvimento econômico e na geração de emprego e renda, a fim de que a Paraíba seja colocada de vez no rol dos Estados em fase de ascensão”, notou. Maranhão comentou bandeiras que empalmou em outras campanhas e fez menção ao título de “Mestre de Obras” com que foi agraciado e que, conforme ele, era uma referência ao investimento que realizou na infraestrutura estadual.

Comentando a relação com a família Vital do Rêgo, que tem forte tradição a partir de Campina Grande, o senador José Maranhão destacou que defendeu o deputado Veneziano perante a cúpula nacional do partido quando ele foi admoestado por ter votado contra o presidente Michel Temer no plenário da Câmara. “Não tenho problemas com a família de Veneziano, e sua mãe, dona Nilda Gondim, é minha suplente”. Veneziano votou contra Temer quando o Supremo Tribunal Federal pediu autorização à Câmara dos Deputados para processar o presidente da República. Por ocasião das discussões internas no PMDB sobre a suspensão ou outros tipos de punição a Veneziano, Maranhão foi à Executiva Nacional e levantou sua voz para defender o parlamentar. A respeito da unidade das oposições para a disputa do próximo ano, José Maranhão salientou: “A oposição está unida em torno de princípios e objetivos pragmáticos e programáticos e irá escolher como candidato aquele que tiver mais viabilidade e respaldo popular”.

Nonato Guedes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *