Tovar reassumirá mandato na Assembleia e Eliza retorna à Câmara da Capital

Ano Novo, revoada política-parlamentar. A deputada estadual em exercício Eliza Virgínia, do PSDB, prepara-se para retornar à Câmara Municipal de João Pessoa em virtude da decisão do deputado Tovar Correia Lima de se afastar de secretaria que exerce na prefeitura municipal de Campina Grande, na área tecnológica e retomar sua cadeira na ALPB. Tovar vai ser candidato à reeleição a deputado este ano e pretende intensificar contatos para redobrar apoios à postulação. Eliza, por sua vez, tem dito que se candidatará a deputada estadual, dentro de um planejamento mais favorável às suas pretensões.

Com o retorno de Eliza, o vereador em exercício Marmuthe Cavalcanti volta à suplência, enquanto Helena Holanda e “Carlão” também ficam de fora do legislativo pessoense. Durval Ferreira e Helton Renê estão decididos a entrar na disputa para a deputação estadual. Outros dois vereadores deverão abrir mão dos mandatos para contemplar os respectivos suplentes. Lucas de Brito abre vaga para Felipe Leitão e João Almeida dará lugar a Sérgio da Sac. Os remanejamentos são feitos entre vereadores e suplentes, com anuência das cúpulas partidárias. Lucas de Brito e João Almeida pretendem concorrer à Assembleia e desejam reforçar-se com o apoio dos suplentes a quem estão prestigiando.

Com a volta de Felipe Leitão, reforça-se a bancada do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), que é pré-candidato ao governo do Estado. Nas eleições de 2016, Felipe Leitão alcançou 4.849 votos, mas não logrou obter a reeleição, permanecendo na suplência da coligação. Apesar da quantidade expressiva de votos que angariou, ele se sentiu prejudicado por restrições impostas legalmente aos postulantes a pleitos proporcionais, levando em consideração o quociente partidário e eleitoral e não somente a quantidade de votos obtidos pelo candidato para conquistar vaga na Câmara Municipal. O líder da bancada governista na Câmara, Milanez Neto, do PTB, fez uma avaliação positiva da atuação da Casa no exercício recém-findo, embora pessoalmente tenha apresentado apenas 14 projetos de lei ordinária. Uma das principais preocupações de Milanez foi empenhar-se no sentido de liderar a bancada da situação para aprovar matérias de interesse público encaminhadas pelo prefeito Luciano Cartaxo.

Por Nonato Guedes – nonaguedes@uol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *